Navegador Música
08 fev / 2013

E finalmente chegou a sexta-feira de carnaval! Momentos que muitos esperaram ansiosamente para então cair na folia; outros, para descansar. E outros – aqueles do mundo do entretenimento – com certeza devem estar trabalhando uma hora dessas para garantir que tudo saia conforme planejado. E quanto mais as pessoas se divertirem, mais certeza eles têm de que os objetivos foram cumpridos!

A galera que trabalha em rádio geralmente se envolve muito com as festas de carnaval, divulgando, promovendo ou até mesmo fazendo parte da equipe de produção, principalmente nas cidades do interior. Nestes locais, as emissoras acabam sendo a ponte entre o público e os produtores de eventos ou prefeitura (que, em grande parte das vezes, é a responsável pelo carnaval na cidade) e o seu papel acaba extrapolando o de meio de comunicação.

Tanto engajamento gera, claro, boas histórias! E é por isso que o Dial na Web hoje resolveu cair na folia e contar as saias justas dessa galera. Confira e divirta-se!

“Na década de 80, quando o famoso apresentador Bolinha com sua Caravana andavam pelo interior do Brasil,  um colega foi escalado para cobrir a passagem da trupe em uma cidade do Alto Paranaiba. Era Carnaval.

Empolgado, o repórter se preparou, vestiu camiseta da emissora e foi para o camarim em um estádio de futebol. Lá ficou vidrado em duas ‘boletes’  que andavam com poucas roupas acompanhando o mestre da comunicação. Bolinha era era tido como mal humorado, característica que não disfarçava nem mesmo na Band aos sábados. Bolinha, quando era contrariado, fechava a cara e dizia “É o Clube do Bolinhaaaaaaaaaaaaa” de maneira grave e séria.

Distraído com o corpo escultural das bailarinas, o repórter – na hora que o estúdio chamou ao vivo – encheu o peito de ar e começou a falar daquela maneira quando parece que o cérebro do radialista pára e o o piloto automático é acionado. “Estamos aqui ao vivo com o…..(branco) Chacrinha”, disse se referindo ao apresentador da Globo (e rival de Bolinha!). Houve um silêncio no camarim. Bolinha fechou a cara e cumprimentou o repórter secamente. Ao lado, o técnico de som da rádio começou a rir tanto que seus ombros tremiam tentando esconder a gargalhada.

Bolinha percebeu e falava o tempo todo ” É, é o Cube do Bolinha”, querendo rir também, principalmente depois de perceber que o técnico ria tanto que talvez estivesse se vingando de alguma palhaçada promovida pelo repórter, da qual tivesse sido vítima.

Foi uma tragédia de entrevista, mas que fez rir o mestre da Band e todos em volta dele.”  (Leid Carvalho, rádio Módulo – Patrocínio)

 

“Em 1994, estava fazendo a cobertura do carnaval de Juiz de Fora para a Itatiaia, minha posição era flashes da concentração. Uma amiga repórter da Solar FM me perguntou se eu sabia descrever um determinado carro alegórico, que estava mais a frente. Deixei minhas coisas com ela (microfone, radinho, gravador) e fui atrás do carro e do pessoal pra perguntar detalhes. Um dos “empurradores” me convenceu a entrar dentro e ver a estrutura. Os outros “empurradores” começaram a empurrar e o que estava comigo saiu correndo pra empurrar também. O carro alegórico era enorme e eu não sabia onde era o buraco de saída e nem mesmo o que eu tinha entrado. Eu tenho fobia de lugar fechado; no apavoramento, eu nem respirei pra pensar: comecei a gritar. Como o povo estava empolgado cantando, ninguém me ouvia… só empurrava e cantava. Apesar de andar lento, o cheiro, o desespero, nem me deixaram raciocinar (“valerei!”)… disparei a gritar e chorar. De repente, do nada, abriu uma brecha (não sei porque) e um dos empurradores gritou a moça da Itatiaia; eu sai do carro em plena avenida, aos prantos, sem microfone, sem nada. Claro, fui motivo de chacota pra todo mundo: a carioca Portelense de araque que tem medo de carro alegórico. Foi péssimo. Acredito que alguns colegas de profissão que estavam lá na época se jogam de rir quando lembram da minha cara. Felizmente não tinha internet, porque eu estava realmente aos prantos…. MICO total.”  Valéria Tinoco, hoje gestora artística da rádio Paranaíba (Uberlândia)

 

 

“Estávamos entrevistando uma banda nos estúdios (improvisados) na área do no carnaval de Ituiutaba. Já não chovia há um mês, estava um sol escaldante, muito calor. Então, logo no começo da entrevista, começou a pingar água no estúdio. O locutor disse:
– Chove demais em Ituiutaba! É tanta água que está até pingando aqui!
O ouvinte ligou segundos depois ao vivo e disse:
– Começou a beber cedo, amigo! Que chuva, cara? Está um sol horrível aqui de fora!
Era uma goteira provocada pela caixa d água! Claro que todo mundo caiu na risada, e o locutor custou a sair da saia justa.

Pra acabar fechar com chave de outro, outro locutor da equipe estava em uma loja da cidade na linha esperando pra fazer um flash. Ouvíamos ele pelo retorno interno. A banda era meio esnobe e a equipe acabou criando uma certa ‘antipatia’ em relação aos músicos. Então o locutor, sem saber que estava sendo ouvido, começou a falar besteira do grupo sem saber que estava sendo ouvido:
– Esses caras são muito ruins! Esse carnaval vai ser horrível, vai dar 30 pessoas hoje com uma atração dessas.
Imagina a nossa cara com os artistas.” Alex Aniceto, da rádio Cancella (Ituiutaba).

Nós imaginamos, Alex!

 

 

Tem outras histórias. Umas divertidas, outras trágicas e outras de muito sucesso. Conte a sua também!

Categorizado como: Dial na Web, Matérias/Artigos

Leave a Reply

Agenda
Aniversários do mês
  • Leonil da Vanguarda, Varginha
    06/10
  • Rodolfo da Difusora AM, Ouro Fino – MG
    06/10
  • Sandro da Rádio Universitária, Lavras
    12/10
  • Sávio da 94 FM, Lavras
    14/10
  • Ivanessa da 104 FM de Bocaiúva – MG
    15/10
  • Ronaldo da Liberdade FM, BH
    17/10
  • Rosimar, empresário da dupla Don & Juan
    17/10
  • Jonas da BH FM, Belo Horizonte
    19/10
  • Valério da Torre FM, Janaúba – MG
    23/10
  • Don, da dupla Don & Juan
    27/10
  • Leid da Módulo FM – Patrocínio/MG
    27/10
  • Joyce da Líder FM, Uberlândia
    28/10
  • Ricardo Pinheiro da Liberdade, BH
    28/10
  • Afrânio da Montanhesa FM, Campos Gerais
    29/10
  • Silvana da Mariana FM, Mariana – MG
    30/10
  • Alécio da Clan FM, Nanuque – MG
    31/10
Peça o show na sua cidade

Aqui é seu espaço para sugerir o show que você gostaria de ver na sua cidade.

Sorteios

Faça seu cadastro e concorra a ingressos dos seus shows favoritos.

Participar